YouTube desiste dos testes do 4K pago

Depois de o YouTube ter iniciado um processo de testes em que iria obrigar os utilizadores a pagarem a versão Premium para acederem ao conteúdo em 4K, o canal parece ter desistido da ideia.

Na fase de testes alguns utilizadores que pretendiam aceder a conteúdos 4K a partir da app no smartphone, necessitavam de ter uma conta Premium do YouTube para o conseguirem fazer. Como seria de esperar, a medida não foi muito bem recebida pela comunidade, que se junta a várias outras críticas sobre como o YouTube tem vindo a “forçar” cada vez mais a compra da subscrição premium. No entanto, parece que este teste chegou ao fim e todos podem voltar a ter acesso aos conteúdos 4K sem terem de pagar pelo premium. O YouTube não explicou porque terá terminado a experiência.

Não se sabe, no entanto, se a novidade vai ser integrada no futuro como algo padrão da plataforma, ou se realmente o YouTube viu que este não seria o melhor formato para a comunidade. Efetivamente a melhor forma de ver vídeos no YouTube é nas resoluções de 4K/2160p ou 8K/4320p, mas a restrição que estava a ser testada foi, agora, levantada.

Um aspeto interessante, no entanto, é que noutro tweet em japonês, a equipa do YouTube forneceu um link com instruções sobre como os utilizadores podem dar feedback sobre o teste de resolução 4K.

Além desta novidade, a aplicação do YouTube na Android TV e Google TV acaba de chegar à versão 3.0 e permite obter informações de uma forma mais fácil sobre o vídeo que estamos a ver. Isto ao mesmo tempo que adiciona alguns elementos do design Material You. Por exemplo, os títulos de vídeo já não aparecem no canto superior esquerdo do ecrã e passaram para uma caixa arredondada onde também está o nome de quem o carregou. Surge também a contagem de visualizações e data de publicação.

Fonte: Engadget

Exit mobile version