Netflix quer mesmo acabar com a partilha de contas

Netflix com publicidade

A Netflix está a testar uma funcionalidade que permite transferir perfis, para que os utilizadores que partilham contas possam criar a sua própria subscrição, sem perder os dados de visualização, histórico, listas, jogos gravados e todas as restantes definições.

Com esta nova funcionalidade, será possível criar uma conta a partir de um perfil que já esteja associado a uma subscrição existent.

Os subscritores vão ser notificados por e-mail quando a transferência de perfil ficar totalmente disponível. Basicamente o utilizador só tem de indicar que quer exportar os seus dados e depois seguir a associação à nova conta, o que acontece automaticamente.

Diz a Netflix: “As pessoas mudam-se. As famílias crescem. Os relacionamentos terminam. Mas ao longo dessas mudanças de vida, a sua experiência na Netflix deve permanecer a mesma. Hoje, lançamos o Profile Transfer, um recurso que permite que as pessoas que usam a sua conta transfiram um perfil – mantendo as recomendações personalizadas, histórico de visualizações, listas, jogos e outras configurações quando iniciam sua própria associação”.

Naturalmente que a Netflix, ao tornar mais fácil a separação de contas, pretende que cada utilizador tenha a sua própria subscrição, em vez de a partilhar com outras pessoas.

De recordar que esta decisão coincide com a de lançar uma subscrição mais barata que contenha publicidade para a tornar sustentável; o chamado plano “Basic with Ads”. Em causa estão os resultados financeiros da primeira metade do ano que indicavam um abrandamento do crescimento e da faturação da empresa.

Há vários anos que o Netflix procura acabar com a partilha das contas pelos utilizadores. Esta é a razão apresentada pela empresa para que esteja a perder subscritores e os seus lucros estejam também a ser reduzidos. Todos os que usam a partilha de contas vão, agora, ter de tomar uma decisão.

Fonte: Fierce Video

Exit mobile version