Marvel’s Avengers sem apoio ao desenvolvimento

A Crystal Dynamics prepara-se para descontinuar o desenvolvimento de novos conteúdos para o jogo Marvel’s Avengers. Já no início de dezembro do ano passado tinha surgido a informação não oficial de que Marvel’s Avengers ia deixar de receber atualizações em 2024.

Agora, a Crystal Dynamics pode estar a acelerar o inevitável encerramento dos servidores, descontinuando assim o desenvolvimento de material para o controverso Marvel’s Avengers. A força da marca Marvel não foi suficiente para popularizar o jogo que acabou por ser um fracasso de vendas, arrasado também pela crítica especializada.

O Marvel’s Avengers tem tido uma vida difícil. Antes do lançamento do jogo, a campanha de marketing suscitou muita confusão sobre o que era o jogo. O aspeto das personagens também não era o melhor.

Os conteúdos desenvolvidos pós-lançamento pouco conseguiram fazer para mudar o seu fatídico destino, permanecendo um jogo incompleto, com problemas de desempenho e vários bugs. Embora durante muito tempo o Marvel’s Avengers tenha sido seguido por uma comunidade apaixonada, os fãs mostraram-se dececionados face à falta de transparência e comunicação que foi crescendo ao longo dos tempos.

“Oferecer a biblioteca completa de conteúdo do Marketplace é uma forma de agradecer à nossa comunidade, permitindo que todos experimentem a amplitude e a profundidade do conteúdo dos Marvel’s Avengers”, lê-se na notícia que cita o blogue da Crystal Dynamics. Assim, qualquer jogador que ainda possua quantias equivalentes à moeda do mundo real do jogo quando Marvel’s Avengers receber a sua atualização final em 31 de março de 2023, pode convertê-las em recursos do jogo.

Rumores indicam que o fim do jogo pode ter sido acelerado após a saída de Brian Waggoner, gestor de desenvolvimento de Marvel’s Avengers, no seguimento de alegadas publicações racistas que terá feito no Twitter. A equipa que faz a manutenção de Marvel’s Avengers, certamente vai passar para o desenvolvimento do novo Tomb Raider, com produção da Amazon Games.

Fonte: Games Hub

Exit mobile version