Mais de 4 mil estações de 5G já instaladas em Portugal

5G mobile signal Communication Mast (cell tower) Super fast data streaming concept. 3D illustration.

O número de estações de base com tecnologia 5G instaladas no país aumentou 48% no 3º trimestre do ano, face ao trimestre anterior.

A Anacom anunciou, em nota enviada à imprensa, que a nova tecnologia móvel está em 88% dos Concelhos, mas só 39% de freguesias têm acesso ao 5G. De referir que 16,4% dos utilizadores de internet móvel já tem equipamentos 5G. Estima-se que, no mesmo período, o tráfego cursado em redes 5G representava cerca de 7,6% do total de tráfego de dados móveis. O tráfego médio em redes 5G atingiu 3,3 GB por utilizador de internet móvel 5G. 7,6% do total de tráfego móvel já é suportado em redes 5G.

Nestes 271 Concelhos já com cobertura 5G foram instaladas 4.317 estações de base.

A NOS manteve-se como o operador que, até ao final do 3º trimestre de 2022, instalou mais estações de base, sendo seguida pela Vodafone e pela MEO. No entanto, no que respeita à variação do número de estações instaladas face ao trimestre anterior, esta foi pequena no caso da NOS (apenas 2%) e, no caso da Vodafone e da MEO, situou-se em 200% e 65%, respetivamente. A NOS é o operador que no final de setembro tinha instalado um maior número de estações 5G, num total de 1974 estações (46%), seguindo-se a Vodafone com 1604 estações (37%) e a MEO com 739 estações (17%).

A maioria das estações 5G (73% do total, correspondendo a 3137 estações) localiza-se em Áreas Predominantemente Urbanas. Cerca de 14% (631 estações) estão instaladas em Áreas Mediamente Urbanas e 13% (549 estações) em Áreas Predominantemente Rurais. De sublinhar que todos os concelhos da Região Autónoma da Madeira passaram a estar servidos por estações de base 5G no final do 3.º trimestre.

Em setembro, cerca de 11,7% dos utilizadores de serviços móveis e 16,4% dos utilizadores de Internet móvel dispunham de equipamentos 5G e subscreveram uma oferta que permite o acesso a estes serviços, que representa uma penetração de 15 em 100 habitantes.

Exit mobile version