Chegou a 3.ª edição do Programa UPskill – Digital Skills & Jobs

A 3.ª edição do Programa UPskill – Digital Skills & Jobs foi oficialmente lançada e comunicada em nota enviada à imprensa. Numa primeira fase e até 7 de novembro, serão recolhidas as necessidades das empresas em termos de talento qualificado à medida, seguindo-se em meados do mês o arranque das candidaturas dos formandos. O objetivo é começar já em janeiro com as formações na Academia e a ambição é manter pelo menos os níveis conseguidos na anterior edição, tendo em conta a conjuntura adversa.

Uma das grandes novidades desta nova edição do UPskill é a criação do SAPU – Sistema de Apoio ao Programa UPskill, plataforma cofinanciada pelo Programa Operacional de Assistência Técnica (POAT) a partir da qual se fará a gestão desta iniciativa nacional. O projeto vem responder à complexidade do processo e facultar dados para fazer o diagnóstico das necessidades das empresas, das tecnologias e das regiões com maior procura, entre outros.

Na 1ª edição, que se iniciou em 2020, candidataram-se mais de 5.300 pessoas, tendo-se selecionado 430 formandos para 25 ações de formação em 7 localidades, em 6 instituições de ensino superior. Foram contratados mais de 80% dos formandos que concluíram com sucesso. Já na 2.ª edição, lançada em outubro de 2021, que decorreu por ciclos, foram selecionados 300 formandos para 20 turmas no 1.º ciclo e 580 formandos para 29 ações de formação, que se iniciaram em janeiro deste ano em 13 localidades do país e 11 instituições de ensino superior, envolvendo mais de 60 empresas.

Este 2.º ciclo termina em fevereiro de 2023, prevendo-se que as metas de contratação sejam também alcançadas.

De acordo com o Coordenador Nacional do Programa UPskill, Manuel Garcia, a meta desta 3.ª edição é arrancar com as primeiras ações de formação a partir de janeiro numa “colaboração estreita entre todos os stakeholders que permita identificar novas áreas de formação e novas regiões. É um desafio para todos os envolvidos. Afinal, temos que olhar para o futuro e para o que nos une e não para o que nos divide”.

Exit mobile version